Open Fiber: o que é e como funciona

Quem sou
Joel Fulleda
@joelfulleda

Informação preliminar

Antes de chegar ao cerne deste guia, parece certo fornecer a você alguns informação preliminar. Como mencionado no início, embora a Internet já seja utilizável em praticamente todo o lado e apesar dos muitos esforços feitos para "ligar a cidade", a rede de fibra óptica, ou seja, a rede fixa capaz de garantir o melhor desempenho em termos de velocidade e estabilidade, ainda não está disponível para toda a população. Mas graças ao compromisso de Enel e Cdp (Cassa Depositi e Prestiti, empresa controlada pelo Ministério da Economia e Finanças) e o lançamento do Fibra Aberta as coisas estão mudando - para melhor - e devem melhorar ainda mais com o tempo.



A Open Fiber é justamente a empresa por meio da qual o Grupo Enel, em conjunto com a Cdp, passou a atuar no mercado português de fibra óptica. Não fornece ofertas diretamente aos consumidores. É, na verdade, uma operadora atacado, ou seja, atua no mercado atacadista oferecendo sua infraestrutura para provedores autorizados. As operadoras podem, portanto, alugar trechos da rede Open Fiber para oferecer serviços de banda ultralarga aos consumidores finais.

Graças à rede Open Fiber, que é totalmente baseada em tecnologia FTTH (ou seja, com cabos de fibra ótica que chegam diretamente nas residências), por exemplo, torna-se possível assistir a um filme em streaming em 4K em plataformas como a Netflix, ouvir música em alta qualidade em serviços como o Spotify e fazer upload de grandes quantidades de dados a serviços como o Dropbox simultaneamente, de forma rápida e sem problemas para qualquer um dos usuários conectados.

Mas não para por aí. As ligações de fibra óptica permitem ainda a implementação de sistemas relacionados com a domótica, permitindo uma melhor qualidade de vida. Claramente, clientes particulares à parte, as vantagens da rede Open Fiber também estão disponíveis para profissionais, empresas e PAs. Trabalho inteligente, treinamento remoto, gerenciamento eficiente de energia e assim por diante tornam-se todas as "coisas" que podem ser usadas com mais facilidade.



Isso é possível porque as conexões de fibra óptica são mais estáveis ​​e produtivas, pois estão menos sujeitas a interrupções e problemas técnicos do que o cabeamento de cobre, e podem garantir alto desempenho. As redes de fibra ótica também são o futuro das redes de telecomunicações (Next Generation Network - NGN) e nos próximos anos poderão atingir velocidades ainda maiores do que as atuais.

O que é fibra aberta

Vamos agora tentar aprofundar a discussão relacionada a o que é OpenFiber. Como eu disse a vocês, este é um projeto lançado pelo Grupo Enel e Cdp que não fornece planos de fibra ótica diretamente, mas oferece (ou melhor, aluga) sua infraestrutura para provedores portuguêss, permitindo-lhes atingir um número ainda maior de clientes sem perdas de tempo especial e sem grandes investimentos.

Graças à infraestrutura Open Fiber, as operadoras portugalnas têm, portanto, a oportunidade de se beneficiar de conexões de Internet ultrarrápidas e de oferecer aos clientes novas e mais vantajosas tarifas de fibra. Isto porque, sendo a Open Fiber uma “criatura” tanto do grupo Enel como do grupo CDP, pode utilizar as infraestruturas por onde passam atualmente os cabos de eletricidade.

Isto, como se pode facilmente deduzir, limita a persistência dos já conhecidos inconvenientes ditados pela necessidade de realização de procedimentos de escavação e colocação da fibra óptica que cada vez mais criam desserviços e caos a serem realizados, por razões óbvias, em meios urbanos. áreas (aposto que também aconteceu de você ficar preso no trânsito pelo menos uma vez por causa dos trabalhadores que pretendiam perfurar o concreto para completar sua tarefa ...), sem falar que a operação é decididamente menos cara a nível estrutural .


Mais precisamente, em primeiro lugar Enel e Cdp assinam um convenção com o Município responsável pela construção, gestão e manutenção de uma infra-estrutura de rede de fibra óptica de ultra banda larga de última geração. O convênio firmado com o município também define os métodos e horários de trabalho, cumprimento de normas técnicas e de segurança para as empreiteiras, a fim de reduzir o transtorno para o cidadão durante as obras.


O acordo também define a forma de escavação para o assentamento da fibra óptica. As escavações podem ser realizadas com uma das seguintes técnicas: a de mini-trincheira reduzida (também inclui a aspiração do material residual), a do mini-trincheira tradicional (envolve a criação de valas de 5 cm de largura e tem um impacto ambiental muito baixo), o de não cavar (sem recorrer a escavações a céu aberto) ou do colocação da rede aérea.

Após a execução de todas as obras e após um primeiro enchimento provisório da escavação para a regularização do terreno, é recuperado todo o pavimento da estrada, de acordo com o calendário ditado pelo Município do seu interesse.

Após a obtenção de todas as licenças e autorizações administrativas, finalmente é possível prosseguir com as atividades que trarão a fibra óptica para dentro de casa. Cabe então aos provedores se inscreverem para aproveitar as vantagens da infraestrutura criada. Mais detalhes estão disponíveis na seção FAQ do site da Open Fiber.

No verão de 2020, foi anunciado um acordo para a construção de um rede única fundindo-se com TIM e o conseqüente nascimento de uma única empresa de rede: AccessCo. Isso terá como objetivo otimizar os investimentos para trazer fibra para todo o território nacional (evitando assim que a TIM e a Fibra Aberta funcionem separadamente para trazer duas redes diferentes para as mesmas áreas), mas os métodos e os tempos em que isso vai acontecer, nem os técnicos detalhes do assunto foram esclarecidos (pelo menos até o momento em que estou escrevendo este post).


A TIM também terá que dar à luz a FiberCop, uma empresa para a qual convergirá a sua rede secundária (aquela que cobre a distância do armário de rua à casa do cliente, que é em cobre e não em fibra óptica como a Open Fiber). Para mais detalhes, no entanto, você pode consultar o press release no site da TIM.


Como funciona o Open Fiber

Ma como funciona o Open Fiber? Bem, a tecnologia é realmente explorada Fibra para casa, também conhecido pela abreviatura de FTTH. Atualmente é o mais rápido disponível na praça, pois é composto por cabos de fibra em todo o trajeto, inclusive no trecho que vai da central até a casa do cliente. Uma infra-estrutura deste tipo permite atingir, tanto no que diz respeito ao download como ao upload, uma velocidade máxima igual a 10 ou 1 Gigabit por segundo, dependendo da cobertura.

Já no caso do ADSL, os cabos de ligação da casa do cliente à central são inteiramente em cobre, enquanto no caso da tecnologia FTTC as duas ligações são uma em cobre e a outra em fibra óptica.

Precisamente pelos motivos, o ADSL é capaz de oferecer velocidades máximas iguais a 20 Mbit / s em download e 1 Mbit / s em upload, a fibra baseada na tecnologia FTTC permite, em vez disso, atingir uma velocidade máxima de download de 200 Mbit / s se no máximo velocidade de upload de 30 Mbit / s.

Como verificar a cobertura

Agora que você entende o que é fibra aberta e como funciona, certamente está se perguntando sobre como verificar a cobertura, a fim de avaliar eventualmente a celebração de um contrato de utilização de fibra óptica.

Para fazer isso, acesse a página da web para verificar a cobertura do Open Fiber, digite o nome da sua cidade no campo de texto cidade, seu endereço no campo de texto endereço e seu número de casa no campo de texto N, selecionando as sugestões relevantes de vez em quando e, a seguir, clique no botão Pesquisa que está localizado na parte inferior.

Na página da Web que posteriormente será mostrada a você, se o seu endereço estiver coberto pela fibra óptica da Open Fiber, você verá a mensagem Seu endereço é coberto pela rede ultra-banda larga e ser-lhe-á apresentada uma lista com as ofertas comerciais dos vários parceiros que pode decidir subscrever.

Se a cobertura de fibra óptica ainda não estiver disponível para sua área, você verá a mensagem Seu endereço ainda não foi alcançado pela fibra. Se desejar, também pode optar por ser notificado diretamente pela Open Fiber em caso de alterações, preenchendo os dados necessários (nome, apelido, endereço de email, etc.) nos campos do formulário que encontra na secção mantenha contato apresentar um pouco mais abaixo.

Você também pode verificar se a cobertura está disponível pesquisando por cidade. Para fazer isso, selecione o link Pesquise por cidade localizado na parte inferior da página principal para verificar a cobertura e, em seguida, decida se deseja exibir apenas as cidades já coberto, Essa na cobertura ou tanto, selecionando a opção de sua preferência. Você também pode realizar uma pesquisa direcionada digitando o nome da sua cidade no campo cidade e então clicando no botão Pesquisa adjacente.

Como fazer uma assinatura da Internet

Você verificou a cobertura seguindo as instruções que dei na etapa anterior e sua casa é alcançada pela rede Open Fiber? Fantástico! Eu diria então que você pode começar a considerar seriamente a ideia de faça uma assinatura da Internet para usar a fibra óptica em sua casa.

Considerando que, como já foi referido, a Open Fiber não oferece um serviço direto aos clientes mas torna a sua infraestrutura utilizável a outros prestadores, para aceder à rede de fibra ótica é necessário referir-se necessariamente às operadoras "clássicas" da linha fixa, cuja lista completa está disponível nesta página da web.

Para escolher qual provedor assinar sua assinatura, após verificar a cobertura, role pela lista de ofertas na parte inferior da página, cada uma delas marcada com o logotipo da operadora de referência. Quando encontrar a oferta na qual está interessado, clique no botão relevante Selecionar e proceda através do site do gestor para consultar detalhadamente as características do plano selecionado e para ativá-lo se necessário.

O tempo de ativação varia dependendo se a migração em andamento é uma migração de uma operadora para outra ou se é a ativação de uma nova linha. No entanto, se tudo correr bem, deve demorar no máximo dez dias. Para obter mais detalhes sobre isso, você pode consultar meu guia sobre como mudar de operadora de telefonia.

Artigo escrito em colaboração com Open Fiber

Open Fiber: o que é e como funciona

Áudio vídeo Open Fiber: o que é e como funciona
Adicione um comentário do Open Fiber: o que é e como funciona
Comentário enviado com sucesso! Vamos analisá-lo nas próximas horas.